Terça-feira, 23 de Setembro de 2008
HÁ OU NÃO HÁ CARTEL NAS EDITORAS DE LIVROS ESCOLARES??

SENHORA MINISTRA DA EDUCAÇÃO


EXCELÊNCIA:

Vou procurar ser moderado e educado no que lhe vou dizer. Isto porque fervo em pouca água e depois acabo por passar-me  dos carretos no que digo. O entusiasmo que ponho no que escrevo e digo acaba na maioria das vezes por ser mal  interpretado e confundido com hostilidade. Não é o caso.

Grande negócio este o dos manuais escolares. Aqui sim tambem há carteis e loobis
Os editores dizem que, este ano, os manuais subiram 3,1%, contrariando o Secretário de estado que disse que só aumentaram de acordo com a inflação. Como não acredito que os editores tenham vantagem em dizer que aumentaram mais do que aquilo que fizeram, o Secretário de Estado, ou não sabe o que diz ou está a mentir. Já o dizer que nos próximos dois anos o aumento será “ligeiramente superior à taxa de inflação” não deixa qualquer dúvida, vão ser mais 3% ao ano a somar à dita taxa. Isto é, o aumento deve andar pelos 5 ou 10,5% ao ano o que dá um aumento de 13 ou 14% em 3 anos. Claro que depois vêm dizer que as famílias mais carenciadas vão ser apoiadas, ou seja a treta a que já nos habituaram. Mas que apois estão essa gente a dizer ? OS CARTEIS SÃO MAIS FORTES DOS QUE OS DO PETRÓLEO  E AQUI  O ESTADO FALA BAIXINHO PORQUE SÃO MUITOS A MAMAR  AQUI A AUTORIDADE DA CÔNCORRÊNCIA  NÃO ACTUA  NEM  A ENTIDADE QUE REGULA  AS EDITORAS INSTITUTO DO CONSUMO E OUTROS ESTÃO DE ORELHAS E OLHOS TAPADOS E OS PÁIS  QUE ARROTEM PARA  COMPRAREM OS LIVROS AOS  ALUNOS.

MAS DEPOIS TEMOS ABANDONO ESCOLAR PORQUE MUITOS PAIS NÃO COMPRAM OS LIVROS  E INSUSSEÇO ESCOLAR PORQUE LIVROS ESSES SÃO BASTANTE CAROS E NÃO SE COMPRAM UMA VÊS QUE  ESISTE ENSINO OBRIGATÓRIO ENTÃO O ESTADO QUE ESTABELECA UM VALOR ÚNICO  PARA OS LIVROS OU ENTÃO NUNCA  MAIS SE VAI ACERTAR O PASSO COM A EUROPA  A NÍVEL DE FORMAÇÃO ESCOLAR.

Todos  os livros escolares  até á escolaridade obrigatória deveriam ser

atribuídos pela Acção Social Escolar e no final do ano escolar, com apoio dos pais e alunos eram recolhidos e entregues posteriormente de novo aos novos alunos que iriam precisar deles. O dinheiro que se poupava  os páis e o estado na

 

aquisição de novos livros era revertido em material didáctico para enriquecimento das actividades pedagógicas. Novas escolas etç etç.

fcastelo@sapo.pt

 



publicado por CASTELO às 19:35
link do post | PODE COMENTAR AQUI | favorito
|  O que é?

Fazer olhinhos
OBEMEOMAL
PROCURE AQUI
 
ULTIMAS NOVIDADES

FELIZ ANO NOVO 2013

UMA PRENDA NO SAPATINHO ...

A FORÇA DO VOTO EM ( ...

PAÍS AMALDICOADO

PORTUGAL A DUAS MARCHAS

...

AJUDE CONTRIBUA PARA UMA ...

AJUDE NÃO DOI NADA

SABÃO AZUL E BRANCO A VER...

CÁI A TESE DA CASA DE E...

TUDO ISTO AQUI É MEU

Dezembro 2012

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds